Lojas de decoração em Paris e Santiago

Depois de viajar, decoração é a segunda coisa que eu mais gosto e lojas de decoração na gringa são as melhores: baratas e só tem coisa fofa. Tenho dois destaques de lojas que eu amei e que os preços são ótimos e vendem as mesmas coisas que  lojas aqui no Brasil vendem, só que por no mínimo 1/3 do preço.

Lojas de decoração em Paris e Santiago

As lojas são a Maisons du Monde, em Paris e a Morph, em Santiago. A Maisons du Monde eu conheci no shopping BEAUGRENELLE, próximo à Torre Eiffel e comprei várias coisas, só não comprei mais por que viajei só com uma mala de mão #economias, mas peguei a época de liquidação e comprei coisinhas por 3 euros, 10 euros, e por ai vai.

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

E a Morph no Costanera Center que eu já falei no post sobre Santiago. Como é um shopping que a maioria dos turistas de Santiago vão, vale a pena conhecer.

750771 750772

ls (1) ls

Fotos: Reprodução

Leia também

Onde ficar em Santiago

Roteiro de 5 dias em Santiago

Uma tarde em Viña Del Mar

Hotel em Paris – bom, barato e bem localizado

Curso de francês em Paris

 

Hotel em Paris – bom, barato e bem localizado

Como já foi dito aqui no blog, quando fui fazer meu curso em Paris eu antes estava com a minha família em um hotel e depois fui para a residência estudantil, que falei nesse post. Só que meus pais iriam embora em um dia e só dois dias depois a residência estaria disponível e por isso procurei um hotel próximo do outro que fiquei (vai ter post dele ainda) e que fosse em conta e simples, mas ao mesmo tempo bom e confortável. 

Procurei no Booking.com e o hotel que mais me agradou foi o Hotel Campanile Paris 15 – Tour Eiffel, que ficava há 10 minutinhos a pé de onde eu estava hospedada e o preço, para Paris, estava aceitável.

  FRA21749-home6 FRA21749-rooms8

Escolhi o quarto individual que é super pequeno, com uma cama de solteiro e um banheiro também mini, mas que para uma noite dava pro gasto. A diária na época que fui -alta temporada, julho- no quarto individual era de aproximadamente 110 euros.

O hotel é arrumadinho e a localização é muito boa:a Torre Eiffel tá ali do lado, 5 minutos de uma estação de metrô, perto de supermercado, MC Donalds, Starbucks e shopping.

Super indico pelo preço, por onde está localizado e pelos serviços ofertados. Nada luxuoso, mas tudo ajeitadinho.

Reservas

Pelo Booking.com – cancelamento grátis.

Leia também:

O melhor hostel da vida em Copenhagen

Apart-hotel em Orlando

Onde ficar em Londres

Onde ficar em Santiago

Hostel em Nova York

Onde ficar em Paris

Paris é uma cidade cara, principalmente para hospedagem. Na Espanha, por exemplo, você fica em um hotel 5 estrelas pelo preço de um 3 em Paris. Hoje vou dar uma dica de onde ficar em Paris, um hotel que hospedei na minha primeira vez na cidade, o Novotel Paris Bercy: excelente, com quartos ótimos, espaçosos e pertinho do metrô.

  HÔTEL NOVOTEL PARIS BERCY - 0935 

O Novotel faz parte da rede Accor, que possui hotéis de várias categorias, uns mais econômicos, como o ibis (tem dica de um ibis em Santiago excelente aqui) e outros mais luxuosos como o Sofitel, além de alguns, como o Novotel, que são 4 estrelas.

O Novotel Paris Bercy não é o tipo de hotel para turistas que querem fazer tudo a pé, por que ele fica no 12º arrondisment, uma região mais afastada dos pontos turísticos da cidade, mas como ele fica há 2 minutos a pé da estação de metrô Bercy vale a pena o custo benefício: um hotel 4 estrelas pelo preço de um de 2 ou 3 na parte turística da cidade além de uma estação ao lado, em um lugar onde se pode chegar em qualquer canto da cidade com tal transporte.

Imagem: reprodução.

Imagem: Reprodução.

Os quartos são super espaçosos e confortáveis e o banheiro é muito bom, além de que a parte da banheira é separada da parte do vaso sanitário, ou seja, #civilizado.

  

Ao lado do hotel tem várias delicatessens, Starbucks, bistrôs e um shopping a céu aberto que parece uma cidadezinha da Bélgica, chamado Bercy Village que têm de tudo um pouco, principalmente restaurantes – vale a pena conhecer.

  

Bercy Village

Preço

Em torno de R$600,00 a diária: preço razoável para a qualidade do hotel em uma cidade tão cara como Paris.

Como reservar?

Através do Booking, ou do próprio site da Accor.

Fotos: Reprodução

Leia também

Hotel em Paris – bom, barato e bem localizado

Onde ficar em Roma

O melhor hostel da vida em Copenhagen

Onde ficar em Londres

Onde ficar em Madrid

Curso de francês em Paris – Parte 2

Na primeira parte do post sobre meu Curso de francês em Paris eu contei como escolhi a France Langue para estudar e agora vou contar sobre o curso e onde me hospedei durante o período.

Bom, como eu já disse antes meu curso de francês foi em Julho de 2014, ou seja, nas férias, portanto eu teria apenas aquele período para: viajar para quatro países (Espanha, Bélgica, França, Holanda) e fazer o meu curso. Já contei antes também que eu viajei com a minha família, portanto a solução que encontramos foi: nós viajaríamos pela Europa e o último destino seria a França, eles voltariam para o Brasil e eu continuaria lá estudando. Portanto fiquei quatro dias do curso em um hotel (assunto para outro post) com a minha família e os outros 14, em uma residência estudantil.

Fechei o meu curso com uma empresa de Belo Horizonte, mesmo tendo a opção de fechar através do site da escola, mas me senti mais segura assim, apesar de que, hoje em dia, pensaria duas vezes e arriscaria fazer por conta própria.

Tal empresa fez a ponte entre eu e a escola: me apresentava as opções, eu escolhia, e ela repassava. O curso que escolhi foi o General French de 20 horas semanais, estudava durante a manhã e turistava durante a tarde/noite.

O preço do curso varia de acordo com a quantidade de semanas que se vai estudar. Por exemplo, de 1 a 3 semanas custa €240 por semana, de 4 a 11, €230 e mais de 12 semanas, €210 por semana. Os preços variam também de acordo com qual unidade se vai estudar. O curso foi bem curto, menos do que eu queria, mas era o que dava já que foi no período de férias.

O primeiro dia

No primeiro dia de aula fomos para a sede da escola (que é bem perto da escola mesmo) para efetivar a matrícula e fazer o teste de francês para definir qual nível e qual turma nos encaixamos, depois tem uma dinâmica em grupo (tudo em francês) para conhecermos os colegas.

Onde fiquei

A parte da hospedagem foi a mais complicada, já que algumas residências abrem apenas em alguns períodos do ano e muitas já estavam cheias (alunos de faculdades também utilizam essas residências, na minha por exemplo tinha vários da Sorbonne).

A escola disponibiliza quatro opções de acomodação: apart hotel, hotel, host family e residência estudantil, a minha escolhida. São disponibilizadas cinco residências para escolhermos, e, levando em consideração a proximidade com a escola, a localização em Paris e o que oferece (café da manhã, free wifi, limpeza dos quartos), optei pela Maison des Lycéenes

image  quartier_latin1

A residência era um antigo casarão, portanto tem um estilo de casa europeia, bem aconchegante e não muito grande como as outras residências que tinha visto no site. Ela está localizada perto da Sorbonne, no coração do Quartier Latin, para mim, um dos melhores bairros de Paris. Me senti muito segura lá e tinha tudo perto, supermercado, vários restaurantes e bares, lojas, creperias e tudo que eu precisava sem precisar andar muito, além de uma estação de metrô há 5 minutos a pé.

Os quartos são pequenos mas do tamanho necessário para quem está estudando e não precisa de muito. Os banheiros são compartilhados no corredor e o café da manhã é muito bom e completo.

Enfim, foi uma experiência muito boa e queria que tivesse durado mais, espero depois poder voltar e ficar mais tempo. Não mudaria nada e recomendo tanto a escola, que tem excelentes professores e que me acolheu super bem, quanto a residência.

Fotos: Google

Curso de francês em Paris – Parte 1

Quando fiz meu intercâmbio para Los Angeles em 2012/2013 voltei para o Brasil contra a minha vontade. Tudo que eu queria era continuar lá, estudando inglês, conhecendo a California com meus amigos de lá, comendo só coisa gorda e tomando Haagen-Dazs por U$2,00 todo dia depois da aula. Mas a vida continua e meu último ano de escola me aguardava, portanto voltei, passei na faculdade e decidi que queria ter outra experiência como aquela. Quem já fez intercâmbio sabe do que eu estou falando: é a melhor experiência da vida.

IMG_3893  IMG_4124

Eu já sou formada em inglês e vi que já estava na hora de aprender outra língua e escolhi o francês. No início de 2014 comecei o curso de francês e, já que no meu roteiro de viagem para a Europa em Julho estava incluído a França, decidi que queria fazer um intercâmbio lá.

O post sobre o meu curso de francês em Paris vai ser dividido em várias partes, já que é um assunto que tem muito o que falar e vou começar do zero: como escolhi aonde estudar.

Primeiramente tive que pesquisar muito sobre escolas lá, olhei blogs, sites em francês, em inglês, visitei sites de faculdades na França que poderia ter curso de línguas (em Los Angeles a minha escola de inglês era dentro do campus de uma universidade) e depois de muito pesquisar decidi que a melhor opção seria a France Langue.

Sobre a France Langue

A France Langue é uma escola de francês muito conhecida em toda a França e possui sete unidades: três em Paris (Ópera, Victor Hugo e Notre Dame), uma em Nice, uma em Bordeaux, uma em Martinique e outra em Biarritz. Inicialmente eu queria fazer meu curso em uma cidade litorânea, como Nice, mas o curso seria breve, portanto Paris foi a melhor opção.

IMG_4096  IMG_3854

A unidade que escolhi foi a Victor Hugo, que é a mais bem localizada. Ao lado tem uma estação de metrô, vários restaurantes perto, um supermercado e a pé é possível ir para vários pontos turísticos da cidade, como a Torre Eiffel.

No próximo post vou falar sobre o curso e onde eu fiquei.

Update: Parte 2