Christiania – tudo sobre a “cidade livre” em Copenhagen

Confesso que nunca tinha ouvido falar em Christiania. Pra mim Copenhagen era apenas um lugar lindo, civilizado, limpo e de gente feliz. Não que já não esteja suficiente, aliás, é tudo que uma cidade planeja ser, mas nada como um pouquinho de aventura pra dar um friozinho na barriga de quem está acostumado com aquele lugar que parece que saiu de um filme e com pessoas tão certinhas que parecem robôs.

Lá em Copenhagen essa aventura fica por conta de Christiania. Ninguém que eu falei a respeito tinha ouvido falar e eu só fiquei sabendo quando procurei a fundo sobre o que fazer por lá. E não achei muita informação. Você procura Christiania no Google imagens e não vai aparecer muita coisa diferente dessas duas, já que é proibido tirar fotos lá (mas eu tirei):

5426135-christiania-indgang-2

 

 

 

 

 

 

 

 

Fotos acima: Reprodução

A primeira é a placa das leis de Christiania e está espalhada por todos os lados. Nela indica basicamente que proibido qualquer forma de violência, roubos, drogas pesadas e colete a prova de balas (?), já na segunda imagem é a entrada da cidade. O legal é que na parte de trás dessa mesma placa está escrito “Agora você está entrando na União Europeia”. Surreal.

O que é Christiania?

Christiania é uma “cidade livre“, uma comunidade anarquista independente de Copenhagen com suas próprias leis, que transfere partes da supervisão da área do município de Copenhaguen para o estado. Christiania foi fundada em uma antiga área militar abandonada no bairro de Christianshavn quando centenas de dinamarqueses invadiram a área querendo construir uma sociedade à partir do zero; livre, alternativa e próxima da natureza.

IMG_0671
Christiania é assim.

Isso tudo começou no início dos anos 70, um período com um alto consumo de drogas, muitas delas novas, portanto as pessoas ainda não tinham muita noção do que aquilo faria com elas. E muitos moradores de Christiania começaram a morrer de overdose e doenças ligadas ao consumo de drogas pesadas.

O governo de Copenhagen, obviamente, não gostava da situação, e tentou tirar aqueles hippies muitas vezes de lá, já que tinha virado um problema de saúde pública. Até que eles resolveram deixá-los lá e a comunidade de Christiania decretou a proibição de drogas pesadas, liberando apenas a maconha e o haxixe que permanece até hoje.

Nunca tinha visto um lugar tão diferente na vida. Parece mesmo um outro mundo e é bem difícil de acreditar que pessoas realmente moram ali. A impressão que temos é de um lugar meio abandonado, mas ao mesmo tempo super cool e cheio de arte.

IMG_0666IMG_0667

Ter visitado Christiania foi sem dúvida uma super experiência. Ver de perto um lugar tão diferente, ver seus moradores, as crianças de lá, tudo, fez abrir ainda mais minha cabeça pras coisas diferentes.

IMG_0669
Tirei a foto escondido e logo depois do clique esse morador na bicicleta me olhou com uma cara bem brava.

Como os moradores não gostam de turistas e na teoria é “proibido”, recomendo fazer o mesmo tour que eu fiz com o Free Walking Tours Copenhagen. Eles são muito bons e conhecem o lugar como ninguém. O tour é gratuito, mas é indicado dar uma gorjeta ao guia ao final.

Área de Christiania. Foto: Reprodução

Leia também

Vídeo – 3 dias em Copenhagen

Onde ficar em Londres

Anne Frank House – a melhor forma de visitar

Como ir do aeroporto de Copenhagen ao centro

Curso de francês em Paris

Comentário(s)

Comentário(s)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *