Curso de francês em Paris – Parte 2

Na primeira parte do post sobre meu Curso de francês em Paris eu contei como escolhi a France Langue para estudar e agora vou contar sobre o curso e onde me hospedei durante o período.

Bom, como eu já disse antes meu curso de francês foi em Julho de 2014, ou seja, nas férias, portanto eu teria apenas aquele período para: viajar para quatro países (Espanha, Bélgica, França, Holanda) e fazer o meu curso. Já contei antes também que eu viajei com a minha família, portanto a solução que encontramos foi: nós viajaríamos pela Europa e o último destino seria a França, eles voltariam para o Brasil e eu continuaria lá estudando. Portanto fiquei quatro dias do curso em um hotel (assunto para outro post) com a minha família e os outros 14, em uma residência estudantil.

Fechei o meu curso com uma empresa de Belo Horizonte, mesmo tendo a opção de fechar através do site da escola, mas me senti mais segura assim, apesar de que, hoje em dia, pensaria duas vezes e arriscaria fazer por conta própria.

Tal empresa fez a ponte entre eu e a escola: me apresentava as opções, eu escolhia, e ela repassava. O curso que escolhi foi o General French de 20 horas semanais, estudava durante a manhã e turistava durante a tarde/noite.

O preço do curso varia de acordo com a quantidade de semanas que se vai estudar. Por exemplo, de 1 a 3 semanas custa €240 por semana, de 4 a 11, €230 e mais de 12 semanas, €210 por semana. Os preços variam também de acordo com qual unidade se vai estudar. O curso foi bem curto, menos do que eu queria, mas era o que dava já que foi no período de férias.

O primeiro dia

No primeiro dia de aula fomos para a sede da escola (que é bem perto da escola mesmo) para efetivar a matrícula e fazer o teste de francês para definir qual nível e qual turma nos encaixamos, depois tem uma dinâmica em grupo (tudo em francês) para conhecermos os colegas.

Onde fiquei

A parte da hospedagem foi a mais complicada, já que algumas residências abrem apenas em alguns períodos do ano e muitas já estavam cheias (alunos de faculdades também utilizam essas residências, na minha por exemplo tinha vários da Sorbonne).

A escola disponibiliza quatro opções de acomodação: apart hotel, hotel, host family e residência estudantil, a minha escolhida. São disponibilizadas cinco residências para escolhermos, e, levando em consideração a proximidade com a escola, a localização em Paris e o que oferece (café da manhã, free wifi, limpeza dos quartos), optei pela Maison des Lycéenes

image  quartier_latin1

A residência era um antigo casarão, portanto tem um estilo de casa europeia, bem aconchegante e não muito grande como as outras residências que tinha visto no site. Ela está localizada perto da Sorbonne, no coração do Quartier Latin, para mim, um dos melhores bairros de Paris. Me senti muito segura lá e tinha tudo perto, supermercado, vários restaurantes e bares, lojas, creperias e tudo que eu precisava sem precisar andar muito, além de uma estação de metrô há 5 minutos a pé.

Os quartos são pequenos mas do tamanho necessário para quem está estudando e não precisa de muito. Os banheiros são compartilhados no corredor e o café da manhã é muito bom e completo.

Enfim, foi uma experiência muito boa e queria que tivesse durado mais, espero depois poder voltar e ficar mais tempo. Não mudaria nada e recomendo tanto a escola, que tem excelentes professores e que me acolheu super bem, quanto a residência.

Fotos: Google

Comentário(s)

Comentário(s)